A elevação é creditada à ampliação do horário de funcionamento das lojas, que aumentou o movimento dos estabelecimentos

As vendas no varejo cresceram 7,5% na cidade de São Paulo na primeira quinzena de julho, comparadas ao mesmo período de junho, segundo dados preliminares da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Em junho, a alta foi de 5,8%, na comparação com os 15 primeiros dias de maio.

A elevação é creditada pela entidade à ampliação do horário de funcionamento das lojas, que aumentou o movimento dos estabelecimentos.

“Com o avanço da imunização e menos restrições ao varejo, os consumidores estão voltando a sair para fazer compras”, observa, em nota, o economista-chefe da ACSP, Marcel Solimeo.

Ainda há muito a recuperar, afirma o economista, já que o indicador de vendas da primeira quinzena de julho ainda está 38,2% abaixo do registrado no mesmo período em 2019, ano pré-pandemia. Uma volta aos níveis daquele ano, diz, depende do avanço da vacinação contra a covid-19.

— Foto: Artem Beliaikin/Unsplash

Fonte: Por Valor Econômico— São Paulo.