Nova modalidade de pagamento promete aumentar o volume de transações online

A segunda edição do Prime-Time for Real-Time, relatório do ACI Worldwide e GlobalData revelou que, em 2020, o Brasil movimentou 1,3 bilhões de dólares nos pagamentos em tempo real. O lançamento do Pix colocou o país em 8º lugar no ranking global, consolidando uma mudança cultural de consumo nos meios digitais. A tendência é que a nova modalidade de pagamento aumente em 25% o volume de transações por ano até 2025.

Foto: DINO / DINO

A proposta do Pix é ser um meio de pagamento seguro, rápido e competitivo que foi idealizado pelo Banco Central do Brasil, em 2020. “Em relação a outros sistemas de pagamento o Pix possui três diferenças principais: independente do horário ou dia da semana a transferência acontece on-line, de forma instantânea; toda transação pode ser realizada entre qualquer instituição bancária com a mesma instantaneidade; dispensa de intermediários, manuais ou não, para geração e recebimento da cobrança. Tudo pode ser feito de forma on-line, direto do sistema”, revela Paulo Franco, scrum master da Globaltec.

“Para as empresas de construção civil, o maior benefício do Pix é a agilidade na transação. O pagamento pode ser feito em qualquer hora do dia, facilitando a negociação e redução do volume de inadimplência”, acrescenta Paulo Franco. Todas as transações Pix são realizadas na Rede do Sistema Nacional e são utilizadas com meios seguros e inovadores, como a autenticação digital.

Os clientes da Globaltec já contam com o acesso ao Pix no setor de cobrança. “Está disponível no ERP UAU para atualização nas novas versões com o recurso Pix desde junho de 2021. Nossos clientes poderão realizar recebimento de cobranças avulsas com toda segurança, agilidade e conectividade que o meio de pagamento traz”, aponta Emerson Augusto, product owner da Globaltec.

As transações de empresa para empresa (B2B) superaram R$ 127 milhões no último mês de Junho. De acordo com o relatório do ACI Worldwide e GlobalData, as empresas aderiram ao sistema de pagamento on-line rapidamente e influenciaram a chegada do Brasil ao top 10 dos países que fazem pagamentos em tempo real. “A cobrança Pix é uma forma atrativa e inovadora de realizar cobranças no ERP UAU, mas não substituirá nenhuma forma existente, tais como: boleto, cartão ou dinheiro”, afirma Paulo Franco.

“No ERP UAU o setor imobiliário e de construção civil tem mais agilidade na cobrança e recebimento e maior comodidade para os clientes que poderão usufruir de mais uma forma de pagamento”, completa Paulo Franco. 

Mais informações do Pix e ERP UAU em: wwww.globaltec.com.br

Fonte: Por Portal Terra.