Ação promovida pelo Cipinter, em parceria com a Special Dog Company, teve como objetivo promover a difusão do conhecimento sobre hemoterapia em cães e gatos

Os estudantes do Curso de Medicina Veterinária, do Centro Universitário Moura Lacerda, participaram, nos dias 27, 28 e 29 de outubro, do “1⁰ Simpósio Doe Amor”. O evento foi promovido pelo Cipinter (Ciclo de Palestras Interdisciplinares) em parceria com a empresa Special Dog Company.

A programação contou com cinco palestras: “Testes de compatibilidade e reações transfusionais”, com Simone Gonçalves; “Terapia transfusional: uma decisão além dos exames laboratoriais”, com Regina Takahira; “Introdução à hemoterapia e hemocomponentes: conceitos e processos”, com Fábio Amádio; “Hemoterapia em felinos: da coleta à transfusão”, com Luciana Lacerda; e “10 passos para uma transfusão bem feita”, com Raquel Reis Martins.

“A organização do evento, realizado pela Special Dog Company, foi impecável, mas o que mais me encantou nesse projeto foi a conscientização e o incentivo aos tutores, às pessoas, para levarem seus pets para doarem sangue. Essa é uma questão social, realmente, muito importante”, disse Felipe Falcão Haddad, que cursa o 6º período de Medicina Veterinária e um dos coordenadores do Cipinter.

Conscientização

A ideia de trabalhar na conscientização de tutores, estudantes de Medicina Veterinária e profissionais já atuantes no mercado de que cães e gatos podem doar sangue nasceu no departamento conhecido como Universidade Special Dog. Um das pessoas atuantes nesta área é Viviane Moura, médica veterinária consultora de Relacionamento Técnico com foco em Nutrição de pets da empresa.

“Na rotina clínica sabemos como é difícil encontrar um doador, justamente, por ser, na maioria das vezes, casos de emergências. Então, a campanha tem objetivo de ajudar esses médicos veterinários em sua rotina e, principalmente, a salvar a vida de um paciente. Nosso trabalho nas clínicas envolve a parte técnica e a prática da hemoterapia. Fazemos parcerias com bancos de sangues para incentivar ainda mais a doação”, contou a médica.

Doação de sangue pet salva vidas

De acordo com e-book “Hemoterapia em cães e gatos”, disponibilizado para download gratuito no site da Special Dog Company, os principais casos nos quais a transfusão de sangue para pets é recomendada são anemias profundas, cirurgias complexas, hemorragias, intoxicações, acidentes ofídicos (animal vítima de picada de cobra), coagulopatias (distúrbios da coagulação do sangue) e hipoproteinemias (baixa proteína sanguínea).

Para os animais doentes, que necessitam de doação de sangue, a terapia transfusional é decisiva para salvar suas vidas e na recuperação deles. Para os doadores há também muitos benefícios. Eles não terão prejuízo para a sua saúde e poderão voltar à rotina normal após a doação. Também são submetidos a exames físicos e hematológicos antes do procedimento, o que garante o acompanhamento, por parte do tutor, da saúde de seu pet.

No Brasil, há poucos bancos de sangue animal e pouca investigação sobre a causa disso. Uma pesquisa internacional, realizada pela Associação Veterinária Britânica, mostrou que há muita desinformação sobre o assunto. A pesquisa indicou que 70% dos tutores não sabiam que seu pet poderia ser doador de sangue.  Porém,  89% disseram que doariam, se fosse necessário, mas em condições adequadas.

Categorias: Notícias

Milagre do Verbo

A Milagre do Verbo Agência de Comunicação e Mkt Digital, organização com 15 anos de presença no mercado local, regional e nacional, é formada por uma equipe que reúne profissionais com ampla experiência no setor de Comunicação Corporativa.