As aulas recomeçaram, neste segundo semestre, no dia 3 de agosto; segundo o diretor Acadêmico, Anderson Romanello, a prioridade máxima é manter a qualidade dos cursos

            O Centro Universitário Moura Lacerda, com campi em Jaboticabal (SP) e Ribeirão Preto (SP), iniciou o segundo semestre letivo de 2020 no dia 3 de agosto. As aulas ainda permanecem sendo remotas, seguindo as orientações médicas e sanitárias do Governo do Estado de São Paulo. De acordo com o diretor Acadêmico, Anderson Romanello, o compromisso da instituição de ensino superior é manter a qualidade dos cursos.

            Segundo Romanello, todos estão conscientes de que não se pode ficar parado e que é perfeitamente possível continuar os estudos, os cursos e outras atividades de forma remota, enquanto se vive essa situação de isolamento social imposta pela pandemia do novo coronavírus. Ele salientou que este está sendo um ano de grandes desafios para a humanidade e que só será possível superar essa crise com muita união e conhecimento.

            “Nossos alunos entenderam essas circunstâncias e retornaram às aulas dispostos a enfrentar essa adversidade e seguir fortes no caminho de manter suas graduações. Por isso, a primeira semana já mostrou ótimos resultados, com grande participação dos estudantes nas aulas remotas”, afirmou o diretor Acadêmico.

            Ele ressaltou o empenho de todo o Corpo Docente do Moura Lacerda, que desde o primeiro momento das aulas remotas tem investido na preparação do material e das dinâmicas para os estudantes, inclusive, com treinamentos e cursos de metodologias focados nos meios digitais. “Todos trabalhamos para que seja, realmente, um período de muita aprendizagem, resiliência, criatividade, crescimento pessoal e, principalmente, de preparação profissional”, disse.

            O diretor Acadêmico frisou que os compromissos primordiais do Moura Lacerda são com a qualidade do ensino, as trocas entre alunos e docentes e o foco na formação de cada um. “Sabemos dos desafios e obstáculos que a pandemia nos impõe, mas estamos, todos os dias, aprimorando cada processo novo e também aprendendo com novas situações”, lembrou.

Tecnologia e acolhimento

            Valéria Gelfuso, professora de Matemática e Estatística, dá aulas nos cursos de Administração, Agronomia, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Engenharia Civil e Engenharia de Produção. Ela relatou sua percepção deste momento. “Acolhimento e empatia são sempre muito cultivados no Moura Lacerda. Aqui ninguém está medindo esforços para ajudar uns aos outros. Essa sempre foi uma característica da nossa instituição, mas, agora, estes gestos foram ainda mais intensificados”, contou.

            Ela ressaltou a importância dos recursos tecnológicos disponibilizados pelo Moura Lacerda, como a plataforma Teams, da Microsoft. “Faço minha aula chegar aos alunos, praticamente, como se fosse presencial. Na preparação, por exemplo, faço vídeos curtos, disponibilizo textos de suporte para o desenvolvimento do conteúdo, busco interação com eles, entre várias outras ações. O importante é que estamos sempre de prontidão e em constante busca por soluções cada vez melhores, mantendo diálogo com os estudantes, para que possamos construir, juntos, esse novo momento”, completou a professora.

            O estudante Israel Soares Rodrigues, do 4º período de Economia, falou sobre o quanto a pandemia trouxe de incertezas. “Se não fossem os professores, dificilmente conseguiríamos enfrentar essa situação. Eles estão o tempo todo empenhados em acompanhar, verificar e colocar-se no lugar do próximo, preocupados em estabelecer essa ligação humana, tão em falta hoje em dia”, frisou.

            Ele ressaltou o total acolhimento do Corpo Docente em relação aos alunos. “Eles garantiram o prosseguimento do curso, seja nos prazos de entrega de trabalhos ou na disponibilidade de diversas formas de contato com eles a qualquer momento. As dúvidas estão sendo esclarecidas por vários meios, por exemplo, em APPs de mensagem, em vídeos curtos e nas plataformas de ensino remoto. O que se viu foi uma grande empatia, sem a qual muitos abandonariam essa caminhada”, concluiu o aluno Israel Rodrigues.


Milagre do Verbo

A Milagre do Verbo Agência de Comunicação e Mkt Digital, organização com 15 anos de presença no mercado local, regional e nacional, é formada por uma equipe que reúne profissionais com ampla experiência no setor de Comunicação Corporativa.