Novo conglomerado passa a ter 33 unidades no Espírito Santo, somando as três bandeiras

Grupo mineiro DMA , dono das marcas Epa Supermercados Mineirão Atacarejo, anunciou a fusão com a rede de  OK, do Espírito Santo. Com a fusão, o novo conglomerado passa a ter 33 unidades no Espírito Santo, somando as três bandeiras. O valor da operação não foi revelado.

“É mais do que uma fusão, é uma soma de experiência da família do Cezar Roncetti, que tem uma história de 40 anos no varejo, e nossa que estamos no Espírito Santo há 16 anos. Para que a gente possa não só consolidar as operações, mas planejamos nova expansão para esse trabalho”, afirmou Gosende.  

A partir da próxima semana as unidades da OK passam a trabalhar em conjunto com o Epa e o Mineirão, como um único grupo. Ainda não foi decidido se a marca OK será mantida.  Segundo o diretor do grupo DMA, Roberto Gosende e o fundador do OK, Cezar Roncetti, será feita uma pesquisa nas próximas semanas para avaliar qual a melhor estratégia de marca considerando a identificação dos consumidores.

“A marca OK é muito consolidada no Estado, assim como Mineirão e Epa. Estamos vendo qual o melhor caminho. Estamos fazendo um levantamento de qual melhor identidade que o cliente terá dessa marca. Até o Natal você já terá lojas com cara nova, nova proposta”, explica Gosende.

Atualmente, o OK conta com um hipermercado no Masterplace, na Reta da Penha, em Vitória, além de seis superatacados em outras cidades do Estado (Serra, Linhares, Cariacica, Vila Velha) e um em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

Já a DMA, está no Espírito Santo desde 2004, e é hoje o maior grupo de varejo alimentício do Estado, com 19 lojas do Epa e 5 unidades do Mineirão Atacarejo, após a compra, em janeiro de 2020, das lojas do Makro em Vila Velha e na Serra.

Ao todo, a DMA passará a ter 3,8 mil funcionários diretos no Espírito Santo com a incorporação do OK. Segundo os executivos, todos os empregos serão mantidos. 

O grupo já planeja uma expansão pelo Estado para os próximos meses, com a ampliação de algumas lojas, inclusive com geração de mais postos de trabalho. “O Espírito Santo vem crescendo muito, a consolidação da economia capixaba só nos motiva a cada vez mais investir aqui. Queremos ser a principal rede para os clientes e o maior gerador de empregos do setor”, ressaltou o diretor do grupo DMA.

Categorias: [EBEG] Expansão