O primeiro semestre de 2021 foi o melhor, desde 2011, em volume de imóveis licenciados pelas empresas

maior número de licenciamento de imóveis em Curitiba
Quase nove mil unidades foram licenciadas por construtoras e incorporadoras nos seis primeiros meses desse ano. (Foto: Divulgação)

De acordo com uma pesquisa da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-PR), em parceria com a BRAIN Inteligência Estratégica, o primeiro semestre de 2021 foi o melhor, desde 2011, em volume de imóveis licenciados pelas empresas.

Os dados da Prefeitura de Curitiba, compilados pela pesquisa, mostram que 8.929 unidades foram licenciadas por construtoras e incorporadoras nos seis primeiros meses desse ano. O número é quase o dobro do volume realizado no mesmo período do ano passado.

A cada 100 imóveis em Curitiba licenciados, 66 ficaram nas mãos das construtoras e incorporadoras. Esse é o melhor resultado desde 2011, quando 69% das novas construções estavam com as empresas. Além disso, a pesquisa mostra que se lançaram 3.097 apartamentos novos em Curitiba de janeiro a junho, 52,6% a mais do que no mesmo período de 2020.

As vendas de imóveis novos em Curitiba também cresceram, com 62,5% no primeiro semestre desse ano, em relação ao ano passado. Ou seja, até junho, foram 3.235 apartamentos novos comercializados na cidade, quase 540 por mês.

Já o volume de imóveis entregues em Curitiba permanece estável desde 2018, numa média de 8,5 mil unidades com alvarás concluídos por ano. A capital paranaense chegou a emitir 15 mil alvarás de conclusão em um ano, quase o dobro do atual. Esse pico de entregas foi registrado em junho de 2015. O estoque de imóveis novos em Curitiba também permanece na mesma situação.