Livro “Direitos e garantias às pessoas com deficiências – A atuação do Poder Público no processo de inclusão”, de Francisco Rodrigues Neto, resultado da dissertação do aluno em 2019, saiu pela Paco Editorial
Francisco Rodrigues Neto

Francisco Rodrigues Neto, aluno do PPGE – Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Educação), do Centro Universitário Moura Lacerda, de Ribeirão Preto (SP), lançou o livro “Direitos e garantias às pessoas com deficiências – A atuação do Poder Público no processo de inclusão”. A obra, que chegou ao mercado, neste mês de outubro, pela Paco Editorial, é resultado de pesquisa e dissertação feitas durante o curso.

Formado em Educação Física, ele terminou e defendeu seu Mestrado em 2019. O professor atuou por 10 anos como gestor de Políticas Públicas de Inclusão da Pessoa com Deficiência na Prefeitura de Catanduva, na região de São José do Rio Preto (SP). Foi responsável pela implantação de um projeto de esportes voltado para as pessoas com deficiências que foi referência em todo o Estado de São Paulo.

De acordo com Neto, o livro é, justamente, fruto de toda experiência adquirida em toda sua trajetória profissional como secretário de Assistência Social do município, como docente da disciplina de Educação Especial, no ensino superior, como consultor em Inclusão Social e Acessibilidade e como gestor de Políticas Públicas de Inclusão.

Trabalho fundamental para outros pesquisadores

A dissertação de Mestrado teve a orientação da professora Daniela Leal, pós-doutorada em Psicologia pela FFCLRP-USP (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo). Além de professora no

PPGE – Mestrado, ela também é coordenadora do Nieped (Núcleo Interáreas de Estudos e Pesquisas em Educação e Diversidade) do Moura Lacerda.

A professora ressaltou a valorosa contribuição da pesquisa realizada pelo aluno. “Este trabalho é fundamental para os estudiosos, pesquisadores e profissionais da área de Educação Inclusiva, em especial para os que se dedicam às Políticas Públicas de Inclusão. Francisco Neto mostra, ao longo dos capítulos, como é possível ver na prática o que está prescrito na lei e, também, identificar o que ainda é preciso ser feito para melhorar as práticas inclusivas”, contou.

Daniela Leal salientou que o resultado apresentado pelo aluno reflete, “de forma primorosa”, o rigor acadêmico adotado pelo Mestrado em Educação do Moura Lacerda. “Fica claro todo o compromisso e a seriedade na realização dessa pesquisa histórico-documental, voltada às políticas de inclusão, que teve como objetivo contribuir, cada vez mais, para a história das políticas educacionais e para as práticas na perspectiva da inclusão”, afirmou.

Pelo protagonismo das pessoas com deficiência

O livro de Francisco Rodrigues Neto aborda como trabalhadores, empresários dos setores público e privado, gestores e educadores podem contribuir para o protagonismo das pessoas com deficiência na sociedade, no esporte e no trabalho.

O autor faz um registro histórico-social da inclusão em diferentes sociedades e mostra sua aplicação no Brasil, com base nos princípios universais do Trabalho Decente defendido pela OIT (Organização Internacional do TrabaIho), da ONU (Organização das Nações Unidas) e pela Constituição Federal promulgada em 1988.

O livro “Direitos e garantias às pessoas com deficiências – A atuação do Poder Público no processo de inclusão” também faz uma especial referência à Lei de Cotas (Art. 93 da Lei 8.213/199) e à LBI (Lei Brasileira de Inclusão), também chamada de Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015).

A publicação recebeu apoio da Fecomerciários (Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo) e está disponível para compra no site da Paco Editorial (www.pacolivros.com.br) e em várias livrarias virtuais. Também é possível adquiri-lo no formato de e-book.

Categorias: Notícias

Milagre do Verbo

A Milagre do Verbo Agência de Comunicação e Mkt Digital, organização com 15 anos de presença no mercado local, regional e nacional, é formada por uma equipe que reúne profissionais com ampla experiência no setor de Comunicação Corporativa.