Reunimos uma seleção de exposições online sobre urbanismo — disponíveis gratuitamente no Google Arts & Culture —, sobre a história do desenvolvimento de grandes cidades ao redor do mundo

Rio de Janeiro

Imagem: Nicolas-Antoine Taunay, 1816

“Everything the Eye can See: Views of Rio de Janeiro and its Hills”, exposição do Museu Nacional de Belas Artes, apresenta uma amostra de criações artísticas a partir da valorização da serra carioca. São vistas panorâmicas que procuram abranger tudo o que os olhos podem ver.

Berlim

Imagem: Walter Sanders, 1948

“Visions of division”, do LIFE Photo Collection, reúne fotos históricas de Berlim “do bloqueio ao muro na Berlim da Guerra Fria.”

Paris

Imagem: Léon et Lévy – Roger-Viollet, 1900

“The Eiffel Tower in 1900” apresenta uma coleção de fotos e ilustrações do maior símbolo da capital francesa, com vistas fantásticas da cidade na época.

Tóquio

Imagem: Aōdō Denzen, século XIX

“Famous Views of Tokyo”, do Museum of Applied Arts and Sciences, traz gravuras feitas entre 1876 e 1882, retratando cenas de Tóquio, no Japão. Também convidamos você explorar o rico acervo do Kobe City Museum, onde irá encontrar diversas referências histórica da cidade.

Londres

Imagem: London General Omnibus Company, Walthamstow, 1913

O London Transport Museum faz uma seleção das 10 atrações imperdíveis do seu acervo sobre a história do transporte da capital inglesa.

Nova York

Imagem: Museum of the City of New York, 1908

A exposição “The West Side’s story”, do Museum of the City of New York, faz um tour pela história do Upper West Side, desde seu primeiro assentamento até a construção do Lincoln Center.

Cidade do México

Imagem: Gustavo Casasola

“A Tour Around Mexico City” nos convida a percorrer as ruas da capital mexicana, revisitando épocas marcantes na história da cidade através das lentes do fotógrafo Gustavo Casasola.

Teotihuacan

Imagem: Jorge Pérez de Lara Elías

Na primeira metade do primeiro milênio, Teotihuacan, localizada no Vale do México, era o centro cultural, político, econômico e religioso da antiga Mesoamérica. O de Young Museum, de San Francisco, apresenta “Teotihuacan: City of Water, City of Fire”, que revive o legado de seus cidadãos na arte e arquitetura, admirado e estudado por acadêmicos e visitantes de todo o mundo.

Hong Kong

“Electric City – The Neons of Hong Kong”, do West Kowloon Cultural District, explora a relação de Hong Kong com seus marcantes letreiros em neon. Com início na década de 1920, os tubos eletrificados e cheios de gás de neon viveram seu apogeu entre os anos 50 e 80. Em 1964, um relatório do governo se gabava de que “um milhão de letreiros de neon iluminavam as ruas, proclamando suas mensagens em todas as cores.”

Melbourne

Imagem: Public Record Office Victoria, 1954

O Public Record Office de Victoria, estado australiano cuja capital é Melbourne, traz a exposição “Streets of Melbourne”, que conta a história do desenvolvimento urbano da cidade de Melbourne a partir das suas ruas, com materiais que abrangem o período de 1836 a 1935.

Chicago

Imagem: Chicago History Museum, 1900

“Ride Around Chicago: A City in Transition”, exposição do Chicago History Museum, detalha o período de crescimento e transformação vivido pela cidade nas décadas seguintes ao incêndio de 1871.

Budapeste

Imagem: Ferenc Sztraka, 1998

“Bridges – Ages – Budapest”, do Budapest History Museum, percorre a história da capital da Hungria através de suas pontes.

Visitar exposição

Via Caos Planejado.

Fonte: Jornalista Anthony Ling e Gabriel Lohmann, ArchDaily.

Categorias: Notícias do Setor