Notícias

EXPEDIÇÃO MOURA LACERDA - Mais de 1.300 alunos participam do evento no Campus


Robson Júnior de Oliveira, do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Sesi, de Ribeirão Preto (SP), participou do bate-papo com a coordenadora do Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistema, Elisa Bomfim, e afirmou que a atividade foi muito interessante. “O encontro abriu minha mente para as muitas possibilidades de atuação nesta profissão. Foi muito importante, pois quero fazer faculdade nesta área”, ressaltou. Ele foi um dos mais de 1.300 jovens que participaram da “Expedição Moura Lacerda”, na última quarta-feira (03/10), na Unidade II/Campus do Centro Universitário Moura Lacerda.
 
O evento gratuito reuniu estudantes de escolas públicas e particulares de Ribeirão Preto e região. “Foi muito mais que uma feira de profissões, pois carregou a vibração e a energia da vida universitária. Queremos que o estudante mantenha o desejo de continuar seus estudos e escolha uma profissão para seguir”, explicou Fernando Mello, coordenador de Comunicação Institucional e um dos organizadores.
 
Bianca Massanetto Bueno, que está no 3º ano do Ensino Médio da EE (Escola Estadual) “Professor Sebastião Fernandes Palma”, na Vila Seixas, em Ribeirão Preto, se surpreendeu com o tamanho do Hospital Veterinário, que conheceu durante a visita monitorada. “Não sabia que era tão grande e que tinha toda esta infraestrutura”, disse.
 
Gislaine Carine Sales, 3º ano na EE “Alberto Santos Dumont”, no Sumarezinho, também em Ribeirão Preto, explicou que começou a se interessar muito por literatura este ano e decidiu conhecer o Curso de Letras. “Já tinha visitado feiras de profissões, mas nenhuma tinha esta graduação. Com certeza, eu faria aqui. Eu também achei muito legal ter essa sensação de estar dentro de uma universidade”, ressaltou.
 
Primeira opção
 
João Tales Severiano de Oliveira, 3º ano também na “Alberto Santos Dumont”, foi conhecer o Curso de Direito e tirou dúvidas. “Eu quero iniciar já no próximo ano e o Moura Lacerda é a minha primeira opção”, afirmou.
 
Laura Bossa Guerra, 2º ano na EE “João de Souza Campos Coronel”, no Centro de Cravinhos (SP), disse que foi a primeira vez que esteve no Campus do Moura Lacerda. “Eu achei bem legal o Centro Cirúrgico do Hospital Veterinário. Há um tempo já tinha passado pela minha cabeça fazer Medicina Veterinária e, hoje, fiquei com vontade de novo”, falou.
Pedro Alexandre Barbosa está no 2º ano na escola Quarup, de Sertãozinho (SP), e também conheceu o Hospital Veterinário. “Eu achei muito bacana a infraestrutura do local. Curti bastante todo o evento. Foi bem divertido. Adorei os jogos”, salientou.
 
Ana Clara Baqueta Macedo, 2º ano da EE “Bairro Francisco Castilho”, de Cravinhos, disse que gostou tanto do bate-papo com o coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo, André Avezum, que já se vê estudando no Moura Lacerda. “Eu adorei o curso. O professor foi muito gente boa, explicou tudo sobre as aulas. Quero muito fazer este curso”, ressaltou.
 
Victor Aguiar Gonçalves, 3º ano do Ensino Médio na EE “Dr. Thomaz Alberto Whately”, no bairro de Campos Elíseos, em Ribeirão Preto, quer fazer Educação Física. “Visitei todo o campus. Percebi que existem muitas possibilidades de atuação. São diversas áreas. Eu também gostei muito da expedição. Estava tudo muito bem organizado”, comentou.
 
“Expedição Moura Lacerda”
 
A 3ª edição da “Expedição Moura Lacerda” aconteceu das 8 às 12 horas. Alunos, professores e coordenadores das escolas convidadas foram recebidos com pipoca e algodão-doce. Ao voltarem das atividades, ganharam cachorro-quente e participaram de sorteio de brindes. Antes dos bate-papos, quem quis pode brincar de vôlei, tênis de mesa, Slackline (esporte de equilíbrio sobre uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos) e bets (versão minimalista, menos elitizada do cricket, jogada em dupla dividida em quem ataca, com bolas, e quem defende, com tacos).
 
A recepção ficou por conta de Lígia Mendes, que comanda um dos programas de rádio – “Missão Impossível”, da Jovem Pan – de maior penetração na faixa etária de quem está em busca de um curso superior. Antes da excursão e as atividades dos secundaristas com os coordenadores de cursos começarem, ela alertou os visitantes.
 
“Não fiquem de bobeira pelo campus. ‘Engulam’ cada palavra que estes professores apaixonados pelo que fazem lhes passarem sobre os cursos. Aproveitem a oportunidade que estão tendo de conhecerem e estudarem em uma das mais tradicionais e referenciais instituições universitárias do país. O ex-presidente Juscelino Kubitschek, criador de Brasília, foi paraninfo de turma de formandos aqui. E este campus magnífico pelo qual vocês andarão é projeto de ninguém mais, ninguém menos, que Oscar Niemeyer, maior arquiteto e urbanista do Brasil”, afirmou.